Cinco passos para abrir empresa em Brasília + 1 bônus | 4 Mãos

Empreendedores

Cinco passos para abrir empresa em Brasília + 1 bônus

Avatar

Victor Pacheco

|

19/03/2020

|

4 min de leitura

|

Voltar

Jovem pensando em abrir empresa em Brasília

Depois de tomar a decisão de ser o dono (a) de um negócio, muitas pessoas podem realmente ficar perdidas com a quantidade de processos necessários para abrir empresa em Brasília.

Pensando em te ajudar a ser um (a) empreendedor (a) de sucesso, reunimos um tutorial para que você passe por esse período sem problemas. Ao final do texto, vai ser possível perceber que na verdade, abrir empresa é mais fácil do que você imagina. Antes disso, confira um diagnóstico da cidade de Brasília. 

Mercado de Brasília

Sendo nossa famosa capital, Brasília possui um PIB de espantar muitos governantes de outras cidades: atingiu R$ 235,497 bilhões em 2015. Além disso, possui o maior PIB per capita do Brasil, chegando a R$ R$ 79.099,77 em 2018. Importante dizer que esse valor para cada indivíduo é 2,6 vezes maior do que o PIB Nacional. 

Quem opta por abrir empresa em Brasília tem um amplo mercado para atuar e que pode render bons frutos, uma vez que essa cidade é uma das que mais geram capital para nosso país. 

Empreendedoras pensando em abrir empresa

1. Planeje-se 

Nesse momento, é importante que você coloque no papel tudo o que realmente deseja colocar em prática, como por exemplo a escolha do ramo de atividade.

Não deixe de fazer um estudo de mercado para entender se é a hora de colocar sua ideia em prática ou esperar uma alta nas vendas, como por exemplo a popularização do que você deseja vender, independentemente de ser produto ou serviço. 

Ao fazer isso, vai ser possível ter um know-how para não cometer erros básicos como investimento inicial muito alto. Lembre-se que sua empresa vai crescer com o passar do tempo e deve levar um período para que comece a dar lucro. 

Outro processo que você não deve esquecer é a escolha da atividade de sua empresa. Isso vai lhe ajudar no planejamento para abrir empresa em Brasília. Conheça todas elas:

  • Prestação de Serviços:  Quem opta por essa atividade leva em conta que o fator do capital humano é muito importante, ou seja, a mão de obra ou esforço intelectual será fator crucial para sua prestação de serviço;
  • Indústria: Mercado que é focado em entregar produtos para os consumidores através do uso de uma determinada matéria-prima, nesse caso além da mão de obra, o maquinário alinhado a tecnologia vai impactar diretamente em seus entregáveis;
  • Comércio Atacadista: Empresas focadas em vender produtos para outras empresas e donos de comércios em geral.
  • Comércio Varejista:  Empresas focadas em vender produtos em unidade para os consumidores finais. São exemplos: mercados, lojas de departamento, papelaria etc.
  • ONGs:  Sendo a sigla para Organização Não Governamental, essas são instituições que geralmente possuem uma causa com propósito final. Pode atuar em diversos segmentos, podendo ser de animais, idosos, artesanato e muito mais. Como geralmente precisa gerar uma renda, é essencial que o dono ou responsável de uma ONG abra empresa para ter acesso a descontos e tributos menores.

2. Escolha a Natureza Jurídica de sua empresa 

Nesta etapa, você vai começar a mexer com os tributos e demais assuntos relacionados. Representando o regime jurídico, aqui entram as ações para que você não encare problemas com fiscalização, já que a Natureza Jurídica vai justamente conectar uma pessoa jurídica com a fiscalização das empresas em geral. Basicamente os seus dados serão conectados com a de sua empresa nos órgãos públicos. 

Existem diversas Naturezas Jurídicas, mas quando falamos sobre empresas, apenas 5 delas são atribuídas. Veja abaixo e saiba por qual você deve optar: 

  • Empresa individual ou MEI: nesse caso uma única pessoa responde pela empresa, e o nome registrado com o empreendimento deve ser o civil, completo ou abreviado. Nesse tipo de natureza jurídica, apenas uma pessoa (no caso, a jurídica) pode ser o titular;
  • Sociedade Limitada: reúne dois ou mais sócios que possuem uma mesma finalidade: exploração de bens e serviços. Aqui, entram todas as empresas que contribuem com um investimento de capital social e boa constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (também chamada de SS): já neste tipo são enquadradas as empresas que são focadas em prestar serviços que necessitam de atividades que envolvem o uso de nosso intelectual de uma forma cooperativa. Para ficar claro: os donos não exercem de comerciantes e sim como líderes de sua função. Um exemplo básico são escritórios de Contabilidade e Advocacia, assim como cooperativas etc.;
  • Sociedade Anônima: empreendimentos na qual o capital não é ligado diretamente a um nome, mas sim é dividido em ações. Aqui, a compra e venda das ações podem acontecer de forma livre, sem a necessidade da assinatura de contrato ou qualquer documento que formalize esse processo.
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (também chamada de EIRELI): nessa última natureza jurídica, a empresa pertence a apenas uma pessoa. O capital (valor de investimento) deve ser integral, e não pode ser 100 vezes inferior do que o salário mínimo que está vigente na cidade. Em Brasília, esse valor está atualmente em R$ 998,00, mas pode aumentar para R$ 1031,00 em 2020. 

3. E quais documentos são necessários para realmente abrir empresa em Brasília? 

Esqueça aquela tonelada de papéis para abrir seu empreendimento, pois isso não é mais necessário. Veja abaixo do que você precisa para ser considerado um empresário: 

  • Apresentar uma cópia simples do comprovante de residência de cada um (se houver mais de um sócio, um para cada);
  • 2 Cópias autenticadas do RG e CPF de cada futuro dono (caso tenham sócios);
  • Uma cópia do espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano atual;
  • Cópia da certidão de casamento (caso aplicável). 

Falando sobre a empresa, veja o que precisa ser apresentado quando você comparecer a um órgão público: 

  • Duas cópias simples do IPTU do Imóvel 
  • Duas cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Importante lembrar que MEI não precisa realizar tudo isso. Quem se caracteriza como MEI, pode pedir seu CNPJ de forma muito mais prática, diretamente pelo Portal do Empreendedor. 

4. Reuniu tudo? Hora de comparecer aos órgãos públicos para abrir sua empresa

Agora que você se planejou, definiu sua natureza jurídica e reuniu os documentos necessários para abrir empresa em Brasília, é hora de tornar o sonho de ser empresário uma realidade.  É hora de ir a locais como a Receita Federal e Junta Comercial, órgãos públicos que cuidam desses processos. 

Pode levar cerca de 3 a 5 dias para que você consiga ter um CNPJ para chamar de seu, onde será feita uma conferência para saber se tudo está dentro dos conformes. Caso esteja tudo certo, você já pode ser considerado um empresário (a). 

Mas apesar de já ter sua empresa aberta, ainda é necessário estar cadastrado (a) na prefeitura de Brasília para conseguir emitir nota fiscal dos seus produtos e serviços. 

Esse processo leva mais tempo para ser concluído (entre 34 dias a 3 meses), então não deixe para a última hora. Você pode por exemplo já solicitar esse cadastro cerca de 30 dias antes da data que pretende iniciar as atividades de sua empresa. 

5. Alvará de Funcionamento também é importante para abrir empresa em Brasília 

Caso sua empresa precise de um local para funcionar, como por exemplo um prédio ou sala específica, vai ser necessário ter um Alvará de Funcionamento. E isso é válido também caso você opte por abrir um e-commerce, pois pode ser necessário que sua empresa tenha que utilizar algum lugar para armazenar os itens. 

Importante dizer que quando realiza o cadastro no Portal do Empreendedor, um alvará provisório (válido durante 30 dias a contar da data do cadastro) fica disponível para emissão, mas ainda assim é necessário solicitar a visita da Prefeitura ou órgão público para que seu empreendimento não tenha que fechar as portas um tempo depois de abrir. 

Por isso não se esqueça de solicitar o documento que autoriza suas atividades comerciais. 

Esses são os cinco procedimentos fundamentais para abrir empresa em Brasília: 

  1. Planejar;
  2. Escolher Natureza Jurídica;
  3. Organizar documentação;
  4. Comparecer aos órgãos públicos;
  5. Solicitar Alvará de Funcionamento.
4-maos-cta-3

Bônus: achou todo o processo de abrir empresa em Brasília muito complicado? Conte com a ajuda de um escritório de Contabilidade! 

Você quer se dedicar apenas ao crescimento de sua empresa? Sabia que pode demandar todos os procedimentos de abrir empresa em Brasília para um escritório de Contabilidade especializado? 

Ao fazer isso você pode se dedicar inteiramente ao crescimento de seu empreendimento, colocando em prática todas as estratégias de Marketing que planejou. 

E caso não saiba, pode encontrar um profissional que faça isso ao enviar sua demanda contábil para a 4 Mãos, onde até quatro de nossos escritórios parceiros enviarão orçamentos gratuitos sobre esses serviços. 

Vale lembrar que todo esse serviço de conexão também é feito de forma gratuita, onde você empreendedor (a), precisa apenas nos dizer que tipo de serviço precisa. 

Nossos parceiros são especializados em diversos serviços, incluindo abertura de empresa nas principais cidades do Brasil. Acesse nossa página de solicitação de orçamento agora mesmo e não perca tempo! 

Gostou do conteúdo acima? Tem muito mais nas nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn

Avatar

Escrito por

Victor Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar meu contador agora