CNPJ para dentista? Saiba tudo a respeito | 4 Mãos

Novos Négocios

CNPJ para dentista? Saiba tudo a respeito

Avatar

Victor Pacheco

|

19/03/2020

|

16 min de leitura

|

Voltar

Profissional que emitiu CNPJ para dentista
16 min de leitura

Depois que uma pessoa se forma para finalmente conseguir exercer a profissão, vem a seguinte dúvida: dentista pode ser MEI? Muito se fala sobre esse tipo de cadastro no qual diversos empreendedores podem iniciar suas atividades. Como é feita a emissão de CNPJ para dentista?

Você sabe como é feita a contabilidade para dentistas? O correto é abrir empresa em qual natureza jurídica? Há alguma ação especial? Pensando em responder essas e mais perguntas, desenvolvemos este artigo especial. Pronto para abrir seu consultório? Boa leitura!

Dentista pode ser MEI ou há algum empecilho?

Na verdade, há uma certa categorização diferente para quem opta por exercer esse tipo de profissão. Isso porque o MEI não pode ser optado por alguns profissionais, sendo o dentista um deles. Por isso, já avisamos de antemão: dentista não pode ser MEI.

Mas não precisa se desesperar e/ou entrar em pânico, pois ainda é possível que uma pessoa coloque em prática os ensinamentos de todo o curso por meio da abertura de uma clínica própria. Esse processo apenas não é realizado da mesma forma da abertura de um restaurante, por exemplo.

Escritório de dentista
Assim como outras profissões, dentista não pode ser MEI

Antes de falar mais sobre isso, vamos explicar o motivo dessa exclusão: quando o cadastro MEI foi criado, mais precisamente em julho de 2008, o foco era realizar a formalização de profissões que não necessariamente precisavam de uma graduação para serem exercidas.

Assim, devido a ser necessário um diploma para que uma pessoa possa ser dentista, o mesmo não pode ser MEI. E há uma lista de profissões que não podem ser MEI. Veja abaixo:

  • Administradores;
  • Advogados;
  • Arquivistas;
  • Arquitetos;
  • Contadores;
  • Desenvolvedores;
  • Economistas;
  • Enfermeiros;
  • Engenheiros;
  • Fisioterapeutas;
  • Jornalistas;
  • Médicos;
  • Nutricionistas;
  • Ortodontistas;
  • Personal Trainer;
  • Produtores;
  • Programadores;
  • Psicólogos;
  • Publicitários;
  • Veterinários.

Nesse caso, para conseguir trabalhar sem problemas, vai ser necessário que um dentista realize a emissão de um CNPJ próprio para abrir sua clínica. Mas a natureza jurídica muda: o profissional vai então ter que optar por ser Empresário Individual (EI), EIRELI ou LTDA.

Empreendedoras pensando em abrir empresa
O que acha de entrar no mundo dos empreendedores de forma tranquila? Entre em contato com a 4 Mãos e saiba mais sobre isso!

Como funciona o processo de emissão de CNPJ para dentista?

Devido a não poder ser MEI, esse tipo de profissional vai precisar comparecer a um órgão público para conseguir empresa. Primeiramente, o mesmo deve então escolher como vai atuar.

Existem muitas formas de exercer a profissão de dentista, sendo a Pessoa Jurídica uma delas. Atuando nesse caso como profissional liberal, o dentista então precisa emitir nota fiscal sobre os serviços que executa, além de ter que optar por elaborar a declaração de imposto de renda de pessoa jurídica.

Explicamos mais sobre os tipos de empresas para dentistas nos parágrafos a a seguir.

Emissão de CNPJ para dentista autônomo

Caso não seja contratado pela CLT por uma opção própria, o dentista pode optar por trabalhar como profissional liberal. Conhecido por ter horários flexíveis, essas pessoas possuem então uma empresa aberta em próprio nome e paga impostos de acordo com o ramo de atuação (prestação de serviços) e rendimentos anuais.

Profissional que conseguiu emitir CNPJ para dentista mexendo em um tablet
Quer trabalhar de forma independente? É possível!

Nesse caso, a pessoa então estabelece seus próprios horários e precisa pagar todos os encargos necessários de ter uma empresa (mesmo que atue de forma autônoma).

Essa decisão pode acabar sendo vantajosa para algumas pessoas, mas de tempos em tempos é necessária certa revisão no regime tributário. Isso porque o cenário do mercado pode mudar muito em cerca de um ano e é necessário saber se o regime tributário não está causando mais prejuízos do que a pessoa pode pagar.

CNPJ para dentista pode ser emitido se o profissional ser empresário individual

Aqui o cenário muda um pouco e começamos a falar mais sobre a abertura de uma clínica de dentista. Caso opte por ser empresário individual, esta sociedade (no caso a empresa) pode ter apenas um titular (pessoa que responde pelo negócio).

Neste tipo também há uma maior ligação de uma pessoa com uma empresa, já que o titular pode vir a perder seus bens devido a uma má organização quanto às finanças. Acontece que todos os patrimônios precisam ser atrelados a uma atividade empresarial, como uma espécie de garantia.

Os bens materiais do cônjuge também podem vir a “correr perigo”, caso haja uma comunhão de bens no acordo matrimonial. Por isso é necessário que o mesmo (titular) tenha um bom planejamento financeiro e se resguarde para não “se afundar em contas”. Com isso em mente, é possível dizer que os dentistas podem ser empresários individuais.

Emissão de CNPJ para dentista na abertura de EIRELI

Criada com o propósito de acabar com a prática de sócio fictício, muito comum em empresas consideradas Sociedade Limitada, a EIRELI permite que uma empresa tenha apenas um sócio, vulgo o próprio titular. Além disso, há mudanças sobre a relação dos bens do proprietário.

Nesse tipo, não há necessidade de o dono da empresa (no caso o consultório médico) ter que entregar seus patrimônios materiais como uma garantia, uma vez que caso a empresa tenha muitas contas em aberto, o dinheiro que consta nas reservas da companhia será usado. Esse tipo de empresa é a escolha de muitos empresários.

Mas se não é necessário que os bens sejam comprometidos, há uma exceção entretanto “salgada”: quem quiser abrir uma empresa EIRELI precisa ter um capital social que seja equivalente a no mínimo 100 salários que são usados como base pelo governo. Em 2020, o valor vigente é de R$ 1.039,00, sendo necessário então R$ 10.701.700.

LTDA como forma de emissão de CNPJ para dentista

Sendo a sigla para Sociedade Limitada, as LTDAs são mais complexas do que os exemplos que já falamos anteriormente, mas ainda assim estão sendo a opção de muitos empresários. Também há mudanças sobre o patrimônio e número de sócios.

Neste tipo, pode ocorrer a abertura de empresa com mais de um sócio, onde as decisões precisam ser decididas (como por exemplo a entrada de uma nova pessoa na sociedade) em conjunto e uma alteração perante aos órgãos públicos é sempre necessária.

Todos os bens materiais do titulares não ficam comprometidos caso a empresa tenha dívidas, então o dinheiro da sociedade é usado, assim como na EIRELI.

Estas são as opções disponíveis para que você consiga emitir um CNPJ para dentista. Como você percebeu, a maior mudança entre os tipos de empresa está na quantidade de sócios, assim como no que diz questão às contas.

4-maos-cta-3
Quer abrir seu consultório de contabilidade mas ainda tem dúvidas? Entre em contato conosco e recebas dicas de um especialista!

Dessa forma, sempre trabalhe para que o saldo de sua empresa tenha um saldo positivo, já que se tiver muitas dívidas, pode ter complicações. Depois que já está acontecendo, o problema pode levar um tempo para ser resolvido e pode causar até mesmo o fechamento do consultório.

Como abrir um consultório de dentista?

Da mesma forma que a abertura de uma empresa tradicional é um momento importante, quem deseja ter CNPJ para dentista precisa cuidar de alguns processos importantes para conseguir trabalhar. Listamos algumas dicas para que você que exerce sua profissão. Acompanhe:

Planeje

Sendo o momento em que todos os processos e ideias serão organizados, aqui tudo é colocado no papel para em seguida a execução acontecer. Nesta etapa são definidos os tipos de público-alvo, quantidade de dinheiro que será investido e demais informações que envolvem a abertura do consultório.

Nada deve ser deixado de lado, assim como as expectativas devem ser alinhadas. Importante que você saiba que por exemplo o lucro vai chegar um tempo depois que o consultório estiver aberto e captando clientes.

Profissionais que estão planejando a emissão de um CNPJ para dentista
Planejamento para abertura de consultório é essencial

Como é um local que necessariamente vai receber pessoas com enfermidade, a escolha do ramo de atividade pode ser deixada de lado, isso porque os consultórios são considerados prestadores de serviço.

Escolha a natureza jurídica correta

Depois de planejar tudo, começa então o momento de conexão do nome de uma pessoa à uma empresa. Depois de analisar todos os exemplos acima (EI, EIRELI e LTDA), escolha a opção que mais se adéqua com seu modelo de negócio (confira o planejamento).

Em seguida é hora de comparecer até os órgãos públicos para começar a dar entrada na emissão do CNPJ do seu consultório para todas as ideias saírem do papel.

Compareça aos órgãos públicos

Sendo o momento que a empresa começa de fato a existir, depois de reunir todos os documentos necessários, o dono do futuro consultório precisa cuidar de algumas demandas para que consiga trabalhar sem problemas.

Devido a dentista não poder ser MEI, não é possível realizar a emissão do CPNJ pela internet, então nesse caso é importante que você, que está lendo esse texto e pensando em abrir um consultório, saiba que vai precisar separar um dia em sua agenda para cuidar destas demandas.

Veja abaixo do que você precisa apresentar para ser considerado um empresário: 

  • Apresentar uma cópia simples do comprovante de residência de cada um (se houver mais de um sócio, um para cada);
  • 2 Cópias autenticadas do RG e CPF de cada futuro dono (caso tenham sócios);
  • Uma cópia do espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano atual;
  • Cópia da certidão de casamento (caso aplicável). 

Falando sobre o local que será utilizado para receber pessoas, também são necessários alguns documentos:

  • Duas cópias simples do IPTU do Imóvel 
  • Duas cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda.

Também é importante que você se associe aos órgãos reguladores da profissão, como por exemplo o Conselho Regional de Odontologia de seu estado. Outros contatos também são importantes: empresas que realizam retira e descarte correto de lixo hospitalar e até mesmo fornecedores de produtos.

Por fim, não se esqueça de solicitar a emissão de um Alvará de Funcionamento, documento que autoriza que sua clínica funcione sem problemas.

Contabilidade para dentistas pode ajudar no dia a dia?

Sendo uma das profissões que não podem ser MEI, pode-se dizer que a contabilidade de um consultório odontológico pode ser um pouco mais burocrática do que a de outros empreendimentos.

Então, o contador possui o papel de verdadeiro “braço direito” do dentista. Isso porque esse ramo, assim como o da medicina em geral, possui especificidades distintas e que requerem certa atenção para que nenhum problema aconteça.

Profissional que optou em contratar contabilidade para dentistas
Mais do que ajudar em pendências rotineiras, contabilidade para dentistas pode reduzir gastos

Não estamos dizendo que um dentista não consegue cuidar da contabilidade de sua empresa sozinho, mas pense: será que esse profissional possui tempo para atender todos os clientes e ainda cuidar dessas demandas? Ou o mesmo terá que dispensar serviço (o que pode causar uma baixa nos lucros) para ter que fazer o papel do contador?

É exatamente para evitar problemas como esse que o contador trabalha: além de cuidar do processo de emissão de CNPJ para o dentista, esse mesmo profissional pode ajudar o proprietário da cínica tenha menos gastos com tributos (estes que por si só, são altos e podem comprometer até 30% do faturamento total).

Entenda que: se o dentista entregar todas as tarefas contábeis para um profissional especializado, o mesmo vai conseguir se dedicar inteiramente ao atendimento de pacientes e a gestão do novo negócio.

Também vai ser possível colocar ideias de marketing para a captação de novos clientes, assim como se dedicar ao crescimento efetivo da empresa. Contabilidade para dentistas é uma contratação necessária e que pode gerar uma economia significativa no fim do mês.

Existem muitos escritórios que se especializam em realizar serviços de contabilidade para dentistas, sendo este um mercado que apesar de recente, está ajudando muitos profissionais. Considere entrar no mundo dos empreendimentos já com um contador como apoio para não ter problemas nesse primeiro momento!

Contabilidade para dentistas também pode ajudar na tomada de decisão

Sendo uma prática que pode ser considerada recente, a solução de Contabilidade Consultiva está ajudando diversas empresas a chegarem mais longe e conseguir bater todas as metas de lucro.

E ela funciona como uma espécie de consultoria financeira, já que os profissionais especializados realizam uma análise de todos os gastos e capital da sociedade para indicar as melhores escolhas, estas que resultarão em maior lucro.

Isso inclui o corte de gastos que podem ser considerados indevidos, apoio na tomada de decisão e até mesmo a escolha de um novo tributário para o consultório gastar cada vez menos.

Esse tipo de contabilidade para dentistas também é útil para a tomada de decisão, como por exemplo uma mudança de porte pois a empresa precisa de uma maior quantidade de crédito para crescer.

Como possui acesso a todas as contas e capital disponível, o contador vai então opinar se isso é certo ou não a se fazer, sempre possuindo como base todos os indicadores.

Erros na gestão de um consultório odontológico

Diretamente ligada com o sucesso de um consultório odontológico, hoje em dia é necessário muita atenção para cuidar de uma empresa como essa, uma vez que todo o investimento pode vir a ser perdido.

O primeiro erro do dono de um consultório odontológico é sempre misturar as contas da empresa com seus gastos pessoais, por mais que o mesmo seja o dono. É necessário certa disciplina para não acabar tendo que de fechar as portas da empresa devido a esse descuido.

Não dar o real valor para a secretária também pode ser considerado certo erro, uma vez que essa profissional é a principal ponte de conexão entre os clientes e o dentista. Desta forma, sempre respeite os horários de sua secretária e caso as metas sejam alcançadas, bonifique-a com treinamentos e participação nos lucros.

Fazer uma má gestão da agenda também é uma ação ruim, já que isso pode resultar em uma perda de clientes cada vez maior. Tenha em mente que: todas as pessoas possuem compromissos e os mesmos, algumas vezes, não podem ser adiados.

Empreendedores que usaram a plataforma 4 Mãos
Entre em contato com nossa plataforma e receba até 4 orçamentos gratuitos sobre serviços de contabilidade!

Por fim, sempre trabalhe com um bom software de gestão de consultórios: hoje em dia existem muitos sistemas desenvolvidos apenas para esses tipo de profissional, ajudando os mesmos a fazerem uma gestão mais assertiva e que vai impactar positivamente o dia a dia deste profissional.

Tenho CNPJ para dentistas: como captar clientes?

Sendo a principal forma de o consultório conseguir clientes para o local, a captação é um processo que sempre deve ser aprimorado, já que o negócio precisar gerar renda e continuar funcionando. E algumas ações podem fazer que esse processo fique mais fácil.

O investimento em marketing digital é o primeiro caminho a ser seguido, uma vez que a internet disponibiliza diversos canais para captação de pessoas interessadas em serviços de dentista.

A criação de páginas e perfis no Facebook e Instagram é o primeiro passo para a captação de clientes, mas tenha em mente que apenas isso não irá fazer com que você venda cada vez mais serviços. O investimento em campanhas segmentadas é então necessário para que um consultório seja visto por diversas pessoas.

Dentista atendendo uma paciente
Vai abrir um consultório? Não descarte as boas estratégias de Marketing!

Em segundo plano (algo que também pode ser feito ao mesmo tempo), a criação de um site para o consultório também é uma boa forma de captação de clientes.

O investimento em SEO (técnicas para um texto apareça nos primeiros resultados dos navegadores) também é um caminho a ser explorado. Caso você não tenha tanta experiência com isso, considere a contratação de especialistas no assunto para não perder dinheiro!

Por fim, não deixe de realizar uma segmentação de nicho para que sua concorrência diminua e suas estratégias de marketing serem mais assertivas. Imagine que: podem com certeza existir muitos consultórios de dentistas, mas quantos deles optam por atender apenas empresas? Sendo esse um segmento pouco explorado, “entrar de cabeça” pode ser uma boa opção.

De todas as formas, sempre calcule muito bem todos os investimentos que você irá fazer para não acabar com prejuízos ao invés de aumentar seu lucro.

A captação de clientes para pessoas que possuem CNPJ para dentistas pode ser um processo que não vai trazer problemas se tudo for bem estruturado e colocado em prática dentro do que foi planejado!

Precisa de ajuda para conseguir CNPJ para dentista? A plataforma 4 Mãos pode ajudar!

Depois que entendeu todas as especificidades de abrir um consultório de dentista, o que acha de entrar nesse mundo dos empreendimentos e começar a ganhar dinheiro fazendo o que você ama?

E caso você tenha achado esse processo um tanto burocrático, pode entregar a demanda para um contador, profissional essencial para que você não tenha problemas. E é neste momento que a plataforma 4 Mãos entra: quando você precisa de um contador.

Captando sua necessidade e enviando a mesma para nosso time de parceiros, você tem a oportunidade de receber até 4 propostas de escritórios contábeis diferentes para assim optar pelo melhor para sua empresa. Entenda mais sobre esse processo:

  1. O empreendedor envia sua necessidade contábil (podendo ela ser abertura de empresa, troca de contador ou até mesmo elaboração de imposto de renda) por meio de nossas redes sociais ou site, onde em seguida nosso time de atendimento capta todas as informações. O solicitante não paga nada para a 4 Mãos;
  2. Em seguida os escritórios de contabilidade parceiros da plataforma 4 Mãos decidem se a necessidade cadastrada é de acordo com sua realidade ou não. Caso seja, enviam uma proposta;
  3. Depois de receber todos os orçamentos, os empreendedores retornam o contato para o escritório de sua escolha;
  4. Pronto, uma parceria de sucesso foi feita!

Quer receber as propostas gratuitas e ainda contar com um contador de qualidade? Entre em contato conosco agora mesmo e descubra como podemos ajudar! Vai levar menos de cinco minutos e você vai conseguir encontrar o profissional de contabilidade ideal para seu negócio.

Gostou do conteúdo acima? Já está pensando em abrir seu consultório? Confira outras matérias de nosso blog e fique por dentro do mundo do empreendedorismo!

Também tem postagens sobre isso em nossas redes sociais, não deixe de nos seguir no Facebook, LinkedIn e Instagram.

Avatar

Escrito por

Victor Pacheco

Redator da Plataforma 4 Mãos, formado em Jornalismo com amplo conhecimento em produção de conteúdo para a Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar meu contador agora