Como criar minha própria marca - White label ou private label | 4 Mãos

Ideias de novos negócios

Como criar minha própria marca – White label ou private label

Jorge Torrez

|

19/05/2021

|

11 min de leitura

|

Voltar

Mulheres trabalhando no processo de como criar uma marca
11 min de leitura

Quando estão realizando o processo de abertura de empresa, com toda certeza você deve procurar como criar uma marca. Isso porque de todas as formas, as pessoas tendem a acreditar mais em uma empresa que possui um nome e material criativo próprio. Mas falando sobre como criar uma marca própria, você sabe como fazer isso?

Não adianta de nada fazer o famoso “mais do mesmo”, é preciso ter estratégia para criar uma marca. Isso porque de fato, você precisa entender como funciona o mercado para enfim ter um nome próprio para sua empresa. Mas entenda que sim, é possível criar uma marca em três passos.

Quer saber mais sobre isso? Reunimos tudo o que precisa saber para que entenda de fato como criar uma marca de sucesso. Com isso em mente, tenha uma boa leitura!

Processo de como criar uma marca de roupas: entenda que é possível entrar no mercado de roupas!

Nosso primeiro exemplo para falar sobre este processo é falar sobre como criar uma marca de roupa. isso é bastante conhecido e entenda que um mercado como este está em constante expansão! Com certeza você conhece ou pelo menos ouviu falar que marcas muitos conhecidas acabam usando fábricas populares. E há como pode empreender moda desta forma. Isso mesmo! Uma marca tem o poder de aumentar absurdamente o preço de uma peça. E sabe o porquê disso? Muitas vezes, um consumidor está mais interessado na marca do que no produto.

E com o crescimento da procura de pessoas sobre como criar uma marca de roupas, muitas fábricas tiveram uma unidade apenas para vender ao empreendedor que está começando seu negócio. E você deve estar se perguntando se estas empresas irão trabalhar com o nome da marca que quiser. A resposta para a pergunta é simples é clara: sim. Mas não são todas as fábricas que trabalham com o serviço de White Label e Private Label. Não entende nada sobre isso e mesmo assim quer saber como criar uma marca própria? Vamos à explicação.

O que é White Label?

Isso é importante quando você estiver executando o processo de como criar marca própria, então atenção. White Label trata-se de um negócio ou produto ou prestação de serviço que é desenvolvido por uma empresa, mas vendo por outra (que também pode ser pessoa física). Isso feito sem que a divulgação do nome de quem fabricou o produto seja feita. Como o próprio nome diz, algum produto ou serviço com etiqueta branca.

White Label versus Private Label

Já sobre este termo de Private Label, entenda aqui o conceito é quase o mesmo. Uma empresa fabrica um produto ou presta um serviço e quem comprou ou contratou não precisa necessariamente divulgar este nome. Mas entenda que aqui, há uma exclusividade para você e/ou sua empresa.

Os negócios que são adeptos do Private Label não irão oferecer este produto (falando sobre como criar sua marca de roupas) para outra pessoas. Como se fosse um contrato de exclusividade. Mas entenda que o custo de compra pode ser um pouco maior, então entregue este valor na hora de revender.

Como criar sua marca de roupas: comece procurando por fornecedores!

Falando necessariamente sobre White Label para que você consiga dar início no processo de como criar uma marca, existem muitas empresas que possuem um catálogo pronto. Dessa forma, você entra nesta catálogo e escolhe as peças e depois tudo começa a ser produzido logo em seguida. Mas entenda que vai ser necessário ter um clichê.

Um clichê, de uma forma simples e clara, é um produto usado como base na produção. E caso ainda não tenha, entenda que vai ser necessário enviar a logomarca de sua empresa para que isso seja feito. Logo depois, tudo é inserido na linha de produção. Quando receber, basta realizar o trabalho de vendas como se tivesse fabricado as peças.

Você deve estar se perguntando se estas empresas que trabalham desta forma não possuem um pedido mínimo. A realidade é que o mercado de moda está bem evoluído quanto a isso, então você não precisa ter um pedido muito alto para poder comprar. Isso porque todas estas companhia possuem um catálogo próprio. Então apenas adicionam sua marca nas peças e pronto, já pode começar a trabalhar.

Quanto preciso investir no processo de como criar uma marca de roupa?

Para começar a trabalhar, entenda que você consegue ter um investimento muito baixo. Normalmente, não há quantidade mínima por pedido, mas pode ser necessário desembolsar um valor entre R$ 150,00 e R$200,00.

O restante se diz sobre o investimento em loja virtual e demais ações para divulgar os produtos. O Instagram tem sendo bem aceito pelas pessoas, mas entenda que você precisa estar onde seu público-alvo está.

Como criar uma marca de cosméticos: este mercado não deixa de ser uma tendência!

Antes de falarmos sobre como criar uma marca neste mercado, entenda que estamos falando sobre os mais diversos tipos de cosméticos. Shampoo, cremes, sabonetes e demais produtos para cabelo e para pelo. Toda a variedade de produtos que o mundo de cosméticos possui.

A lógica de ter uma marca própria neste mercado é a mesma do que falamos anteriormente. Você pode criar um produto com várias composições que façam bem para a pele e em seguida começar a vender isso. Mas entenda que é necessário ter uma liberação da ANVISA.

Com o crescimento deste mercado e a procura das pessoas sobre como criar uma marca, existe uma solução chamada Full Service. Com isso, além de fabricar a embalagem, a empresa que é sua parceira também cria a embalagem, industrializa e também envasa o produto. Estas companhias também pode ficar responsável por realizar o armazenamento, assim como fazer o transporte direto para a casa de seu cliente. O seu trabalho maior aqui neste caso é realizar o trabalho de divulgação.

Mas entenda que aqui, caso tenha sucesso, pode ter até 300% de lucro. Isso é claro, vai depender completamente do seu posicionamento de marca e estratégia de vendas.

Como dica bônus, você também pode investir na criação de pílulas de emagrecimento, assim como de ômega 3 e assim por diante. O conceito é o mesmo citado anteriormente, então tenha em mente que apenas no mercado de cosméticos, há diversas opções para quem deseja executar o processo de como criar uma marca.

Opte por abrir uma empresa de bolsas

Quando falamos sobre como criar uma marca de sucesso, entenda que você deve considerar o mercado de bolsas como uma das opções. E o processo não é difícil como muitas pessoas pensam. Primeiramente, você precisa ter seu público-alvo definido e o estilo de coleção que vai ofertar. Ou seja, qual o tipo de bolsa que irá vender logo depois de conseguir concluir o processo de como criar uma marca.

Em seguida, já com um fornecedor, será necessário criar um clichê para sua marca. Como dissemos anteriormente, este é o modelo padrão que vai vir a ser usado como base como criação, já com a logomarca de sua empresa. O mais interessante disso tudo é que o pedido mínimo varia entre 6 e 10 bolsas.

Entenda que o mesmo conceito de White Label pode vir a ser usada em mais mercados e você ainda consegue ter marca própria. Semi joias, óculos de sol, sapatos, maquiagem e diversos outros produtos. Deixe a criatividade agir na hora de executar o processo de como criar uma marca!

Você pode optar por criar um aplicativo de delivery em sua região

Saindo um pouco dos exemplos de venda de produtos, entenda que você também pode ter uma marca que oferece serviços. Adotando o conceito de White Label, é possível criar um aplicativo de delivery para todos os comerciantes de sua cidade e cobrar uma porcentagem sobre cada venda feita por meio de sua plataforma.

Podemos citar o exemplo do iFood: você começa atendendo um nicho específico e logo depois é hora de entregar a solução para um problema existente. Já imaginou em conectar papelarias e pessoas que precisam dos produtos destas empresas? A oportunidade de negócio existe, basta pesquisar que você encontrará.

Muitas pessoas imaginam que um projeto como este pode custar em torno de R$ 30.000,00, mas esta não a verdade. Neste caso, muitas empresas de transformação digital estão com o projeto pronto na prateleira para que tudo seja colocado em prática.

Ressaltamos que pra toda marca, é importante que você patenteie o nome. Porque se não fizer isso, outra empresa pode simplesmente usar seu nome e você ter grandes problemas.

Opte por criar uma plataforma de marketplace de serviços

O mercado de Marketplace teve um crescimento exorbitante em 2020. Com boa parte dos estabelecimentos físicos fechados, muitas pessoas passaram a optar por comprar nestes verdadeiros shoppings virtuais. O conceito de White Label também pode ser usado aqui, já que os lojistas/profissionais irão realizar a venda dentro de sua plataforma.

Além de garantir que sua plataforma tenha profissionais para oferecer serviços, seu trabalho também precisa ser focado em fazer com que as pessoas visitem seu site. Os ganhos podem ser consideráveis, ainda mais se você optar por sempre estar agregando valor para os profissionais que possui como parceiros.

Principais erros que uma pessoa comete quando está realizando o processo de como criar uma marca

Agora que você sabe as ações assertivas sobre o processo de como criar uma marca, entenda que também precisa entender o que não deve ser feito. A primeira delas é escolher o nome errado. Sua marca nunca será propagada se tiver uma pronúncia difícil ou até mesmo leva tempo para ser memorizada.

Entenda que ao criar uma marca, você precisa necessariamente, pensar em seu público-alvo e não em si mesmo. Muitas pessoas acabaram errando neste caso e este é um dos motivos que mais causam problemas em uma marca. Empreendedores até possuem boas sacadas, mas acabam que ao executar o processo de como criar uma marca, o cliente deve ser o maior foco. Afinal, é para ele que você está vendendo.

Não precisamos citar novamente, mas entenda que sua marca também precisa ser única. Jamais copie de outra empresa. Você pode sim se inspirar, mas copiar é uma ação que pode até mesmo gerar problemas que podem resultar em processo. Ao pensar em como criar uma marca, use o conceito de cores e use aquelas que se alinham aos valores de sua marca.

Também tenha muito cuidado ao escolher um fornecedor. Isso porque você precisa ter atento (a) à qualidade dos produtos. Imagina se este para de trabalhar ou de um dia para o outro, tudo começa a ser feito de um jeito diferente? Certifique-se que este tipo de problema não acontecerá em seu dia a dia antes mesmo de concluir o processo de como criar sua marca. Não precisamos citar que você não deve investir em um tipo de produto que não gera lucro, certo?

Jamais descuide de ações legais no processo de como criar uma marca

Ao pensar em estratégia para criar uma marca, entenda que você jamais deve deixar assuntos legais de lado. Isso porque um CNPJ pode gerar diversos problemas para seu proprietário. Ressaltamos que para ficar longe deste problema, você deve optar pela contratação de um escritório de contabilidade.

Além de dar todo o suporte no processo de abertura de empresa, ainda consegue ter uma maior produtividade em seu dia a dia devido a ter um contador para cuidar de assuntos que não possui tanto conhecimento.

Entendeu tudo sobre o processo de como criar uma marca? Contate a Plataforma 4 Mãos para dar início nisso!

Agora que você entendeu o processo, é hora de entrar em contato com uma escritório de contabilidade para que o processo seja iniciado. Isso porque pare e pense: não seria melhor entrar em contato com um profissional que entende do assunto para que tudo seja feito? E a Plataforma 4 Mãos lhe ajuda nisso!

Logo depois de entrar em contato com nosso time de atendimento, iremos cadastrar sua demanda em nosso painel interno. Até 4 contadores diferentes podem entrar em contato por meio de uma proposta comercial. Quando estiver com tudo em mãos, basta decidir qual escritório de contabilidade irá cuidar do processo de abertura de sua empresa.

Ressaltamos que a Plataforma 4 Mãos não cobra nada para que você receba os orçamentos, assim como não participa do acordo entre contador e empreendedor. Mas no caso de qualquer problema, iremos intervir para que sua demanda seja executada.

Contate-nos agora mesmo! E diga nos comentários: como será sua marca?

Escrito por

Jorge Torrez

Especialista em pequenos e médios negócios com profundo conhecimento em Marketing Digital. Formado em Administração e MBA em Marketing Digital pela FGV.

Uma resposta para “Como criar minha própria marca – White label ou private label”

  1. Karine Otto disse:

    Olha eu passando no seu site novamente.
    Você ja passou no meu?
    Aguardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar um contador
Open chat