Significado PME: Pequenas e Médias Empresas e Sua Importância

Significado PME: Pequenas e Médias Empresas e Sua Importância. Aprenda mais sobre o assunto em nosso conteúdo.
Redator 4mãos

Por: Elvis Melo

Redator 4 Mãos

15/12/2023

X

Hoje iniciaremos mais uma boa conversa e o tema é: Significado PME: Pequenas e Médias Empresas e Sua Importância. Talvez, você nem conhecesse o termo PME. Mas, com certeza, você conhece pequenas e médias empresas que fazem com que o seu bairro ou a sua cidade possam funcionar de uma forma muito melhor. É Claro que, quando nós pensamos em trabalho, nós pensamos em grandes empresas. Mas, deixa eu te fazer uma pergunta simples: quando você vê um jovem, iniciando a sua carreira, você acha que ele irá começar numa grande empresa ou terá oportunidades em pequenas empresas?

Em um país com uma economia tão dividida, onde a metade de todos os nossos recursos e valores financeiros ficam com 1 % da população mais rica. Enquanto que os outros 50 % dos valores financeiros são divididos entre os mais de 201 milhões de brasileiros. A verdade, é que se não fossem as pequenas e médias empresas para gerar emprego para a maioria da população, muitos passariam fome e não teriam como sustentar as suas próprias famílias. Se você for parar para pensar, a base para que esse país possa gerar receita, com certeza, é as pequenas e médias empresas.

Você sabia que no setor brasileiro de comércio as micro e pequenas empresas são responsáveis por 53,4% do PIB? Quando falamos do setor de indústria, a participação de micro e pequenas empresas chegam a 22,5%. O que está bastante próximo das médias empresas que somam 24,5% do PIB do setor, o que somados dão exatos 47% do total. Sendo assim, as pequenas e médias empresas, tem um papel extremamente importante na economia mundial, Pois, são elas que geram inúmeros postos de trabalho e movimentam recursos extremamente importantes para a formação do PIB dos seus países.

Significado PME?

A sigla pme o que é? Serve para designar as pequenas e médias empresas. O termo é utilizado geralmente para classificar o porte dos empreendimentos e isto, varia de acordo com 2 fatores muito importantes: rendimento anual e a quantidade de funcionários que trabalham nela. A fim de poder explicar melhor como é contabilizado esses 2 fatores, utilizaremos uma classificação feita pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às micro e pequenas Empresas).

Faturamento anual

 *Agora, segundo o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) as receitas que estão entre 4,8 milhões a 300 milhões anuais são considerados médias empresas.

 Número de colaboradores

É claro que este não é um padrão definitivo para que possamos estabelecer. Por exemplo, o IBGE ele considera como empresa de médio porte quantos que tenham de 50 a 99 colaboradores desde que estejam na área de comércio e serviços. Assim, como as micro empresas são consideradas pelo IBGE, aquelas que têm até 49 colaboradores. Além desses órgãos, existem também agência nacional de vigilância sanitária (Anvisa) e a política nacional do meio ambiente. Elas que também classificam as empresas segundo seus portes específicos. Sendo assim, nós poderíamos definir que uma pequena empresa é um estabelecimento que seja maior em número de colaboradores que uma microempresa e que ao mesmo tempo esteja longe de funcionar como um negócio de grande porte.

Vamos Conhecer a História das PMEs no Brasil

Não temos como definir exatamente quando e como ou até mesmo onde surgiram as Pequenas e Medias Empresas no Brasil. O que podemos presumir, é que a pequena propriedade, sempre esteve presente em nosso país. E devido a atividade produtiva no período colonial, ela já havia se mostrado presente. Deste modo, fica praticamente impossível, em termos como separar a história das pequenas e médias empresas do nosso contexto histórico do país. Veja mais sobre os melhores cursos para você que quer abrir um negócio próprio!

Desde o início, na época das invasões, já era possível considerar que a crise que existia na área agrícola Canavieira, permitiu que pequenos agricultores fossem abrindo espaço para iniciar os seus empreendimentos. Voltando à época do Brasil colonial, se formos somar os produtos que são extraídos, cultivados e manufaturados, com certeza, existiria um grande impacto econômico. E com isso, uma grande gama de pequenos negócios e oportunidades únicas, foram surgindo, desafiando assim, as proibições da própria coroa portuguesa. Pois, o império não tinha como lucrar e taxar tais comerciantes que agiam de forma “clandestina”.

Era muito comum que pequenos agricultores fossem responsáveis por substituir alimentos típicos da Europa por produções locais, como aquelas de origem indígena. Alguns dos produtos mais utilizados eram sorgo, cará, inhame, banana e manga sendo que esses produtos eram extremamente cultivados para abastecer cidades grandes. Como essas cidades grandes podemos dar o exemplo de: Salvador, Rio de Janeiro, Recife. Além da responsabilidade, também de abastecer as frotas de navios que chegavam aos portos e saíam rumo a África, Ásia e até mesmo para Portugal.

Se formos considerar, de um modo geral, desde o período colonial os pequenos empresários brasileiros já haviam iniciado sua história na agricultura. E não podemos restringir, apenas a esse setor. Mas, também atuavam em questões como transportes, serviços e comércios, manufatura. Conferindo assim, a enorme importância que o setor de PME’s tem desde quando se iniciou o Brasil colonial. Essa é a história que as pequenas e médias empresas desempenharam no Brasil. Se elevássemos nossa pesquisa a nível mundial, ficaríamos abismados com a quantidade de história e importância que as PME’s tem no desenvolvimento da humanidade.

Por Que as PMEs São Importantes para a Economia?

E não é de se espantar, que essa incrível relevância que os pequenos negócios vêm se estendendo até mesmo aos dias de hoje. No Brasil, podemos contar com cerca de 6,4 milhões de empresas. E dessa totalidade 99% são PMs empresas e elas detém 52% dos empregos de carteira assinada do setor privado. Realmente esse é um numero avassalador, se comprado com o conceito publico de que as grandes empresas são responsáveis pelo sustento dos trabalhadores. Veja mais sobre os melhores cursos para que você se torne um gestor de negócios.

No ano de 2017, obtivemos um estudo realizado pelo próprio Sebrae, disponibilizando a informação de que aproximadamente 50,6 milhões de pessoas tem a sua renda ligada somente às Pequenas e Médias Empresas. É claro que isso, não inclui somente empregados de carteira assinada, mas também, empresários, trabalhadores, autônomos, familiares dessas pessoas e empregados sem carteira assinada. Pois, sabemos que nem todo salario se depende exclusivamente dos empregos de carteira assinada. A criatividade do Brasileiro de desenvolver fontes novas de rendas é incrível.

Com essa quantidade de empresas no brasil de pequeno porte, claramente, boa parte do produto interno bruto (PIB) brasileiro, passa pelas pequenas e médias empresas. Claramente, está enganado, quem pensa que isso se restringe somente ao Brasil. Estudos apontam que aproximadamente 70 % a 90 % dos empregados de países da organização e da cooperação e desenvolvimento econômico trabalham com PME’s. Mostrando assim, mais uma vez a incrível importância delas. As principais razões, pelas quais, elas existem e tem este papel tão importante na sociedade são:

Diversas vantagens existem nas PME’s e a sua maior capacidade de adaptação é uma delas. Devido à sua estrutura e o formato que esta empresa adquire, geralmente, sendo ela mais enxuta. Não existe a necessidade de ter que lidar com muitos empregados e um capital investido. Agora, se formos olhar por outro ângulo as pme empresas, sofrem mais para encontrar opções de crédito adequadas ao seu porte. Já que tem um maior grau de risco para os seus bancos e credores. Com a maior possibilidade de risco, as ofertas se tornam menos atrativas e mais difíceis para serem contratadas.

O peso na questão de inadimplência acaba se tornando maior e resultando muito prejudicial por elas serem menores. Sendo assim, é preciso que as PME’s criem boas estratégias de concessão para conseguir crédito. Criando práticas como, realizar a consulta de CNPJ e CPF, antes de fazer qualquer negócio. Isso é uma questão de eficiência para a recuperação de dívidas. Hoje o Brasil sofre com a questão de inadimplência devido a dois fatores.

Primeiro: as altas taxas e impostos que são cobrados dos micros e pequenos empresários, que muitas, se não a maioria das vezes, são contra as nossas leis. Mas mesmo assim, são exercidas pelos bancos e financeiras no Brasil.

Segundo: A má formação de educação financeira que recebemos nos impede de desenvolver uma cultura que saiba valorizar seu dinheiro e honrar suas responsabilidades.

Principais Apoios às PME no Brasil?

Com o tempo fomos desenvolvendo e hoje podemos reconhecer a importância que as p MS tem para a economia do país, graças a alguns órgãos específicos foram criados iniciativas de apoio para que nós possamos auxiliar essas pequenas e médias empresas a se desenvolverem e se manterem no nosso país gerando assim empregos e novas oportunidades todos os dias. iremos citar aqui algumas iniciativas que foram feitas focando as pequenas e médias empresas.

 1)Sebrae

A falta de preparo para a gestão é um dos pontos mais sensíveis para aqueles que estão iniciando um pequeno negócio. O Brasil, apesar de tudo, tem um forte senso empreendedor, mas, ainda é preciso focar no desenvolvimento de suas habilidades e competência para todos os gestores que trabalham com pequenas e médias empresas. Afinal de contas, precisamos entender que devido a desigualdade financeira que existe entre as PME’s e as grandes empresas, é necessário ter mais habilidades para que elas possam sobreviver. Não é de se espantar que toda fez que nos falte o recurso financeiro, precisamos nos empenhar em crescer na criatividade e qualificações e habilidades.

Foi pensando neste aspecto, que o Sebrae foi se desenvolvendo para se tornar um grande aliado. Hoje, ele tem oferecido boas opções para o desenvolvimento e a capacitação, por meio de cursos e serviços e também consultorias especificas na área. Além da parte de capacitação e desenvolvimento, é importante também investir na saúde do negócio. Para aqueles que estão buscando apoio na área de inovação tecnológica e em parceiros estratégicos, para que ele possa assim, garantir a solidez e longevidade da sua PME.

É claro, que nem tudo é capacitação e obtenção de crédito, mas, é muito importante também pensar na proteção e segurança, quando iremos fazer as nossas negociações. Havendo assim, a possibilidade de realizar o monitoramento dos seus clientes estratégicos e também proteger os seus resultados, blindando contra os efeitos negativos da inadimplência. Para quem está começando de baixo é mais difícil, pois não recebemos uma boa educação financeira para aprender a como tratar nosso dinheiro de uma forma a gerar mais.

As pequenas e médias empresas, com certeza, fazem parte fundamental para a economia, não só brasileira, como também para a economia mundial. Portanto, para que se possa aproveitar a força do seu negócio e obter total apoio, é necessário que você invista em capacitação e também preserve a segurança financeira. Para que a sua empresa cresça e se solidifique cada vez mais. Podendo assim, criar novas oportunidades de empregos e gerando dia a dia, mais receita e o desenvolvimento das cidades e dos cidadãos.

 2)BNDES

Uma outra iniciativa que também auxiliou muito as PMEs, foi o BNDES. o BNDES oferece diversas soluções de crédito para auxiliar a saúde financeira e o crescimento das suas pequenas e médias empresas. Criando condições financeiras que são extremamente vantajosas e reduzindo a sua taxa de juros. Chegando a ser considerado o menor do setor financeiro, além é claro, de gerar prazos que são muito mais extensos para pagamentos. Auxiliando assim, o micro e pequeno empresário a conseguir se estabilizar no processo, enquanto ele faz com que seu negócio cresça.

A instituição também oferece o cartão BNDES, que resumindo, em termos bem simples, seria como um cartão de crédito, que é exclusivo para pequenas e médias empresas. E também considerando os micro empreendedores individuais (MEI), possibilitando assim, o parcelamento das suas compras com pagamentos que podem chegar até 48 meses. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tem auxiliado e muito aos novos empresários e visionários para o desenvolvimento de suas ideias.

Significado pme

Mudança de porte e qualificação

Infelizmente, devido a carência que temos na área de educação e desenvolvimento financeiro, percebemos que a qualificação é um dos principais motivos pelo qual muitas empresas ao crescerem, acabam entrando em processo de falência. Isso, se dá ao simples fato, de que muitas vezes, um micro empreendedor que sabe lidar consigo e com mais um funcionário, não tem a qualificação para que ele possa lidar com 9 a 10 funcionários. Tornando-se assim uma pequena empresa, ele perdeu o controle e poderá gerar o colapse do seu empreendimento. Da mesma forma, você perceberá que muitas das pequenas empresas têm dificuldade no seu crescimento e até acabam falindo, porque elas não sabem desenvolver uma nova cultura para que se tornem uma empresa de médio porte.

Eu sei, que pode parecer estranho quando nós falamos isso. Mas, a verdade é que a diferença entre uma pequena empresa, uma média empresa e uma grande empresa são muito grandes. Como já falamos, as pequenas empresas têm uma grande vantagem de poder se adaptar e ter uma forma de remodelar toda a sua estrutura em questão de dias. Agora, você consegue imaginar uma empresa de grande porte com a Nestlé do dia pra noite, tendo que mudar toda a sua linha de produção e o seu esquema de trabalho? É por isso, que informamos que a qualificação para que se possa gerir esses negócios, muitas vezes, acabam prejudicando o crescimento.

Se você é um micro ou pequeno empreendedor, saiba que muitas vezes, o fato de você estar gerenciando a sua empresa e ela estar dando lucros, nem sempre será o bastante para que você possa torna-la uma média empresa ou uma empresa de grande porte. Indicamos sempre, que você possa contratar pessoas qualificadas para ajudar você, a desenvolver a sua empresa a um outro nível e patamar. É claro que, pra isso, você também precisará desembolsar uma quantia maior, sendo assim, indicamos que você comece a fazer aquele famoso pé de meia para que você possa evoluir o seu negócio.

Encerramos mais uma boa conversa e o tema de hoje foi: Significado PME: Pequenas e Médias Empresas e Sua Importância. Esperamos ter lhe ajudado em sua busca por informações e pedimos que, se você conhecer alguém que está precisando ler esse artigo, compartilhe! Que possamos alcançar e ajudar o maior número de pessoas possíveis.

Redator 4mãos Elvis Melo

Redator na empresa 4 mãos, 32 anos e dedicado a oferecer insights de grande valor, análises minuciosas e orientações práticas, destinadas especificamente a empreendedores, empresários e entusiastas da tecnologia. Contribuindo para a expansão do site 4 mãos.

Ver todos os posts

Compartilhe:

Siga o 4 Mãos no YOUTUBE Consulte Mais Informações

Conteúdo Relacionado

Melhores CRM de vendas

Melhores CRM de vendas para vender mais e melhor

07/02/2024
Como montar uma construtora

Como montar uma construtora? 10 Passos essenciais e dicas práticas

29/01/2024
Como montar uma loja de camisetas personalizadas

Como montar uma loja de camisetas personalizadas: Dicas essenciais e passos práticos

26/01/2024
sabores de pastéis mais vendidos

10 Sabores de Pastéis Mais Vendidos e Deliciosos!

26/01/2024
Vender temperos dá dinheiro

Vender temperos dá dinheiro: dicas para um negócio lucrativo

25/01/2024
Quanto custa para abrir um sushi delivery

Quanto custa para abrir um sushi delivery: Investimento inicial, despesas recorrentes e dicas

24/01/2024
Plantar Açaí dá lucro

Plantar Açaí dá lucro: Oportunidades e Estratégias

24/01/2024
Quanto custa montar um studio de pilates

Quanto custa montar um studio de pilates: Orçamento e Considerações Financeiras

23/01/2024
Quanto custa montar um consultório odontológico

Quanto custa montar um consultório odontológico: dicas e considerações financeiras para o seu planejamento

23/01/2024
Quanto custa para montar um posto de gasolina

Quanto custa para montar um posto de gasolina: fatores que influenciam os custos

23/01/2024
Política de Privacidade | Termos de Uso

Copyright 2024 4 Mãos - Todos os direitos reservados

Nome fantasia: 4MÃOS. Razão social: Public online marketing digital LTDA, com sede na R. Ambrosina do Carmo Buonaguide, 250 – Centro - SP, 07700-135, CNPJ 13.202.412/0001-56.