Abertura do MEI: veja como realizar de uma vez por todas | 4 Mãos

Empreendedores

Abertura do MEI: veja como realizar de uma vez por todas

4maos

|

05/04/2021

|

12 min de leitura

|

Voltar

nome para loja de biquini
12 min de leitura

Segundo dados do Ministério da Economia, existem mais de 10 milhões de MEIs cadastrados no Brasil. Como o modelo oferece uma alternativa para quem trabalha por conta própria e quer regular seu negócio, o número de pessoas que buscam entender mais sobre a abertura do MEI, vem crescendo a cada ano.

Por isso, montamos este artigo, fundamental para auxiliar na sua jornada na abertura do MEI. Prossiga lendo, que no final ainda deixamos uma solução incrível para auxiliar neste caminho de abrir MEI. Veja mais sobre isso agora!

Mas o que é MEI?

A abertura do MEI é um modelo simplificado de empresa criado para retirar trabalhadores autônomos do mercado informal. Foi criado pela Lei Complementar nº 128/2008 e entrou em funcionamento em 1º de julho de 2008. Falando sobre quem pode ser MEI, isso é permitido para pessoas quem trabalham por conta própria e exercem atividades não regulamentadas por entidades de classe.

É muito comum entre cabeleireiros, pintores, vendedores de roupas, confeitarias e outros profissionais do setor informal, e cadastrados no MEI, passaram a contar com benefícios previdenciários como licença maternidade, doença e aposentadoria. Além da possibilidade de emissão de notas fiscais.

Ao se tornarem MEI, os trabalhadores autônomos serão inscritos no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e estruturados em um modelo nacional simplificado simples – pagam apenas um imposto fixo mensal referente à sua atividade tributária.

Ou seja, a arrecadação de tributos é única e simplificada na abertura do MEI. Quando falamos do processo de MEI para MEI, entenda que outras obrigações irão surgir. Como um “presente”, você pode ter mais de um funcionário e um faturamento anual de até R$ 360.000,00.

Abertura do MEI passo a passo

Para formalizar o seu micro negócio pessoal, o processo é fácil e totalmente online. No entanto, não se faz desnecessário a presença de um contador para te auxiliar nesta jornada de abertura de empresa MEI. Basta visitar o portal do empreendedor e realizar as seguintes etapas:

O primeiro passo: atender às condições para se tornar um MEI

  • Não fazer parte de outra empresa como sócio ou titular;
  • As contas anuais podem ser de até R $ 81.000 reais;
  • Realize atividades permitidas. Uma ocupação principal pode ser registrada, até 15 ocupações secundárias podem ser escolhidas.

Etapa 2: Crie sua conta Gov.br

Clique em “Quero estar” no serviço formalizado MEI do portal do empreendedor. Em seguida, escolha “Formalizar-se” ou “Gov.br”

O cadastro pelo Gov.br permite que você acesse diversos serviços públicos digitais sem precisar viajar, enfileirar, imprimir ou verificar documentos.

Etapa 3: Conclua o cadastro no portal do empreendedor

Agora é hora de preencher o cadastro no Portal do Empreendedor. Clique no botão “Formalizar-se”, insira os dados da conta Gov.br e autorize o acesso aos seus dados por meio do Portal do Empreendedor – Área do Usuário.

Preencha o número do recibo de sua declaração de imposto de renda ou cartão de eleitor e seu número de telefone celular. Você receberá um código SMS.

Etapa 4: Defina o nome e a atividade

Digite o nome da sua empresa e selecione a atividade que irá realizar para a abertura do MEI.

Deve também informar onde vai trabalhar: por exemplo em casa, no endereço de uma empresa, como vendedor ambulante, porta a porta ou através da Internet.

Etapa 5: Defina o endereço para abertura do MEI

Insira o código postal do endereço residencial e o código postal da localização da empresa.

Etapa 6: Emissão do Certificado de Condição de Microempreendedor Pessoal (CCMEI) PARA abertura do MEI

Depois de ler atentamente, o empresário deve selecionar todas as declarações obrigatórias do MEI. Será emitido o Certificado de Condicionamento do Micro Empreendedor Individual (CCMEI) para comprovar sua inscrição como MEI, e o CNPJ e o número do registro serão fornecidos na Comissão de Comércio.

Mas quem pode realizar a abertura do MEI?

Em tese, todo e qualquer brasileiro pode realizar a abertura do MEI desde que cumpra alguns requisitos básicos, como:

  • Não constituir qualquer tipo de empresa (entenda que a resposta para MEI pode ter sócio é negativa);
  • Deixar de ser proprietário ou sócio de outra empresa;
  • Contratar no máximo um funcionário;
  • Identificar corretamente a CNAE ou agência ativa, e confirmar se é permitido nas condições do MEI (consulte a tabela de atividades permitidas no Portal do Empreendedor);
  • A renda anual máxima por ano é de R $ 81.000 (aproximadamente R $ 6.750 por mês);
  • Deixou de ser funcionário público federal ativo.

Para os servidores públicos estaduais e municipais, é necessário atender às diretrizes da legislação local, pois as regras e exigências podem ser diferentes na abertura do MEI.

Quais são os benefícios da abertura do MEI SP?

A abertura do MEI é um modelo amplamente escolhido entre os empreendedores por oferecer diversos benefícios. Vamos falar sobre os principais deles:

1. Fácil de abrir

Como vimos neste artigo, uma das principais vantagens do processo de como abrir MEI SP é que o registro é muito simples e a burocracia também é baixa. O processo é totalmente online e disponível gratuitamente no portal do empreendedor.

2. Baixo custo para abertura do MEI

Outra vantagem é que os gastos sobre taxa para abertura do MEI, são nulos, se você optar por fazer tudo sozinho (a). O MEI paga um valor fixo mensalmente, denominado DAS, o que facilita todo o processo.

3. Fácil acesso ao crédito

Para o MEI, é mais fácil obter crédito e desfrutar de taxas de juros especiais em alguns bancos. Normalmente, esses percentuais são baixos apenas para incentivar os microempresários e, assim, promover o acesso ao crédito.

Geralmente, bancos públicos como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal podem atender às necessidades do público. Por exemplo, os bancos digitais também apresentam vantagens, como a emissão gratuita de notas. Além disso, você pode contar com soluções de contas digitais sem incorrer em custos de manutenção e burocracia, simplificando assim a gestão da sua empresa.

4. Demonstração de resultados simplificada

O gerenciamento MEI é mais simples e você mesmo pode mantê-lo. Por meio da organização, você se inscreve para entrar e sair uma vez por mês, e vai facilmente fazer um pronunciamento, que deve ser feito uma vez por ano.

5. O direito à seguridade social

Também é importante enfatizar os direitos e benefícios previdenciários com a abertura do MEI, como aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade e auxílio-morte (aplicável às famílias). Para obter esses direitos, a contribuição do MEI é de apenas 5% do salário-mínimo.

Quais são as obrigações da MEI?

O MEI não tem muitas obrigações, mas precisa ser levado a sério. Compreenda as obrigações mensais (e recomendações) que devem ser cumpridas para manter o registro ativo e todos os benefícios proporcionados por este método.

1. Pague contas DAS

O MEI deve recolher mensalmente os valores dos tributos obrigatórios, que constam do Documento Simples de Arrecadação Nacional (DAS). A mensalidade foi reduzida, o que equivale a um aumento de 55,00 reais (INSS) para 1,00 reais (ICMS industrial / comercial) ou 5,00 reais (prestador de serviço ISS). Atente-se a isso na hora de procurar como criar um MEI.

Uma das obrigações do MEI é visitar a página do Carnê MEI-DAS no Portal do Empreendedor e baixar o guia de pagamento.

2. Emissão de uma fatura

Uma das maiores dúvidas do microempreendedor individual é a emissão obrigatória de notas fiscais. Utilizando o número do CNPJ previsto no regulamento do MEI, é possível emitir notas fiscais para pessoas físicas e jurídicas.

No entanto, ao fornecer de serviços diretamente aos consumidores finais (ou seja, indivíduos), não há necessidade de emitir notas. Se os serviços são prestados a pessoas jurídicas, as faturas são obrigatórias para empresas de qualquer porte.

3. Relatório de renda mensal

A receita gerada pelo MEI deve ser registrada nos relatórios apropriados de fluxo de caixa e receita mensal.

Esse processo não é obrigatório, mas amplia o controle de entrada e saída de empresas e auxilia na elaboração das contas anuais do Simples Nacional, evitando o esquecimento e a perda de informações.

Portanto, recomenda-se que a MEI preencha os documentos com a receita total do mês anterior no final de cada mês, e anexe as notas fiscais de compra de produtos e serviços contratados, bem como as notas fiscais que já foram emitidas.

4. Entrega da fatura anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI)

Outra obrigação do MEI é a entrega da fatura anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI). O documento indica o valor recebido pelos microempresários no último ano do movimento. Portanto, se você organizar uma vez por mês, tudo fica mais fácil.

O DASN-SIMEI é gratuito se for entregue no prazo adequado (ou seja, de janeiro a 31 de maio de cada ano).

Sem ele, você não conseguirá publicar DAS mensalmente, o que pode resultar no cancelamento do MEI. Portanto, preste atenção à data.

Outro ponto importante a ser observado é o limite de faturamento anual do MEI. Se o valor ultrapassar R $ 81 mil, é hora de sair da MEI e virar uma micro ou pequena empresa.

5. Forneça informações sobre a contratação de funcionários

A MEI só pode contratar um funcionário, no máximo. Se for o caso, você deve preencher os documentos “Informações da Previdência Social” (GFIP) e “Diretrizes do FGTS”.

Em seguida, o MEI deve encaminhar os documentos até o dia 7 de cada mês no sistema de conexão social da Caixa Econômica Federal. Na contratação de um funcionário, uma das obrigações da MEI é o recolhimento mensal do FGTS (8% do salário) e o pagamento de 3% do salário ao funcionário para a obtenção da previdência social.

Além disso, a MEI deve cumprir outras obrigações trabalhistas estipuladas na CLT, como assinatura de carteira de trabalho; pagamento de décimo terceiro salário, vale transporte, férias; envio de aviso prévio (em caso de demissão), etc.

Para lhe dar mais tranquilidade e lidar melhor com as questões relacionadas à contratação de funcionários, recomendamos que você procure a ajuda de um contador. Isso tornará sua vida mais fácil!

O MEI pode funcionar sem licença?

Desde setembro de 2020, a MEI pode iniciar as operações sem licença ou autorização. O empresário concorda com a “Cláusula de Ciência e Responsabilidade e Isenção de Licença de Funcionamento” disponível no Portal do Empreendedor no momento do cadastro. Embora o microempreendedor individual tenha sido liberado para iniciar as atividades imediatamente, ele sabia que seu negócio deve cumprir todos os requisitos legais, como meio ambiente, saúde, tributação e segurança pública.

A MEI precisa emitir nota fiscal?

Se o serviço for prestado diretamente ao consumidor final (ou seja, pessoa física), não há necessidade de emissão de nota fiscal. No entanto, se um serviço é prestado a uma empresa, independentemente do seu porte, deve ser emitida uma fatura.

Você precisa pagar para abrir o MEI?

Não há custo para abertura do MEI, ela é gratuita e você não precisa pagar nenhuma taxa para ter um CNPJ como este. Mas não se esqueça que mensalmente, os pagamentos devem ser realizados.

Qual é o site oficial do MEI?

Se você ainda tiver dúvidas, navegue em nosso blog. Além do MEI, você também deseja obter muitas informações para conhecer todos os tipos de empresas que podem abrir no Brasil? Para mais informações sobre a abertura do MEI, você também pode pesquisar o Portal do Empreendedor no site oficial.

Quais são os documentos necessários para abertura do MEI?

No geral, os documentos necessários para a abertura do MEI são:

  • Nome completo;
  • RG;
  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Título de eleitor;
  • Endereço residencial;
  • Endereço comercial;
  • Nome fantasia;
  • Capital social;
  • Forma de atuação da empresa.

Abertura do MEI facilitada: encontrando o melhor escritório contábil

Bem, para encontrar o melhor escritório de contabilidade para MEI para concluir todos os passos da abertura do MEI, primeiramente será necessária uma avaliação de seu cenário e isso também é importante. Entretanto, compreenda sua realidade e o que você mais precisa:

  • Otimização de tempo com pouca necessidade de serviço personalizado;
  • Consultoria, abrangência total dos serviços contábeis, além de atendimento personalizado para não ter problemas no processo de abertura do MEI;
  • Meio termo entre os dois acima.

E ainda suas preferências:

  • Contabilidade com atendimento físico (reuniões e planejamentos em conjunto);
  • Online, onde você só entrega as demandas fiscais, tributárias, financeiras, entre outras;
  • Com sistema online, mas serviço pensado especialmente para você;
  • Prefere baixo custo?
  • Ou da prioridade para a qualidade do serviço, pouco se importando com o valor?

Se te dissermos que você pode encontrar conforme alguns cliques? Que tal um contador terceirizado para que o processo de abertura do MEI seja otimizado?

E se ainda te falarmos que você pode receber até 4 orçamentos de forma totalmente GRATUITA? E, contudo, você só precisa fazer uma ação para receber apoio no processo de abertura do MEI.

Veja como receber até 4 orçamentos de contadores credenciados ao CRC

A Plataforma 4 Mãos te conecta com até 4 contadores, que avaliarão o seu perfil empresarial e escolherão os modelos de negócio que mais se encaixarem com o escritório deles. Primeiramente, você só precisa preencher nosso formulário de contato.

Depois disso, você também recebe estas 4 opções de orçamento para escolher o que cabe em sua realidade, mas também é possível escolher a melhor oportunidade de negócio para que o processo de abertura do MEI ou como migrar MEI para ME seja então concluído.

Você ficará satisfeito com o serviço pois o contador poderá te atender do jeito que você espera. Cadastre-se no site e escolha suas preferencias, evidenciando suas necessidades!

Primeiramente, ressaltamos que o cadastro para receber os orçamentos é gratuito. Tenha certamente o poder de escolher o que é melhor para você e o que irá se adequar à sua necessidade!

Gostou do conteúdo sobre abertura do MEI? Não deixe de acessar nosso blog para conferir os demais artigos e saber como realizar uma melhor gestão de seu empreendimento. Ative as notificações para não perder nenhuma nova dica!

Escrito por

4maos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar um contador
Open chat