Como montar um plano de negócios assertivo

Homem mexendo em um computador

Quando pensamos em empreendedores de sucesso, é natural que imaginemos um indivíduo criativo, corajoso, ousado etc. Contudo, quase nunca pensamos nessa pessoa realizando análises detalhadas ou criando um plano de negócios assertivo, por exemplo.

Por isso, é interessante acabar com essa imagem romântica que construímos sobre o mundo dos negócios, passando a valorizar a realidade. Nesse caso, todo empresário (ou futuro empresário) sabe que deve fazer um plano de negócios.

Se você não sabe o que é (e nem como escrever esse documento), não se preocupe, pois explicaremos tudo neste artigo!

Entendendo o que é um plano de negócios assertivo

Trata-se de um documento que visa apresentar informações que comprovem ao leitor de que aquela empresa (ou ideia de negócio) está alicerçada em fatos, sendo um investimento seguro a todos aqueles que desejarem participar dessa iniciativa.

Ao fazer um plano de negócios assertivo, o empresário será obrigado a questionar muitos pontos de sua ideia, obrigando-se a repensar muita coisa. Em alguns casos, ele perceberá que sua empresa é inviável.

Recolhendo dados

Nenhum plano de negócios pode ser baseado apenas nas ideias do empresário. É preciso recolher informações em estudos científicos, pesquisas mercadológicas, análises sobre o trabalho da concorrência, entre outros.

Tudo isso para que o documento ganhe credibilidade e possa ser contestado pelo seu leitor sem nenhum problema, uma vez que ele traz argumentos.

Definindo o leitor

O plano de negócios assertivo pode ter diferentes leitores, como investidores, gerentes de instituições financeiras, sócios, pesquisadores etc. Cada um desses públicos tem um interesse específico no seu empreendimento. Considere isso na hora de redigir o documento.

Por exemplo: um banco quer entender qual é o risco de emprestar dinheiro para a sua empresa. Se o plano de negócios não demonstrar que os riscos são mínimos, é possível que o empresário não tenha acesso ao capital solicitado.

Projetando seus lucros e gastos

Sendo assim, o empreendedor precisa identificar para o leitor quais serão os seus gastos, seu fluxo de caixa e expectativa de lucro para períodos determinados.

Isso mostrará que os responsáveis pelo negócio fizeram uma pesquisa sobre os seus fornecedores e processos de trabalho, definindo as melhores decisões para que a empresa opere de uma forma sustentável.

Como vimos, preparar um plano de negócios assertivo requer que o empresário não tenha medo de questionar se a sua ideia de negócio é, de fato, viável.

Muitos empresários ignoram essa etapa, justamente porque têm medo de se depararem com indicadores negativos. Todavia, é melhor corrigir erros no começo do processo do que percebê-los depois de ter feito grandes investimentos.

Gostou deste artigo sobre plano de negócios assertivo? Então, curta nossa página no Facebook para não perder o próximo post!

Últimos posts

17/07/2019 - 11hs

5 trâmites para abrir um negócio que você precisa cumprir!

Do instante em que a pessoa tem uma ideia de negócio até o momento...

16/07/2019 - 11hs

Por que você deve ter um contador ao tirar um negócio do papel?

Muita gente ainda acredita que para ter um negócio de sucesso basta ter uma...

15/07/2019 - 11hs

Regularização: como o seu negócio pode ficar dentro da legalidade?

A informalidade no ambiente de negócios brasileiro ainda é uma realidade. De um lado,...

Somos associados a:

Somos certificados pelo: