MEI para serviços administrativos: entenda este assunto | 4 Mãos

Empreendedores

MEI para serviços administrativos: entenda este assunto

Natalia Mantovani

|

04/02/2021

|

7 min de leitura

|

Voltar

7 min de leitura

Você presta serviços administrativos e precisa emitir notas fiscais ou deseja receber benefícios da previdência social? Então, entender se MEI para serviços administrativos é uma opção viável, se torna algo necessário!

No entanto, o MEI só se aplica a certas empresas e atividades específicas. Quer saber mais sobre MEI para serviços administrativos? Consulte este artigo porque decidimos compartilhar as informações necessárias para quem deseja iniciar seu próprio negócio nesta área, confira mais sobre MEI para serviços administrativos!

Afinal, o que é MEI para serviços administrativos?

O MEI é um negócio composto por uma pessoa que deseja se tornar oficialmente um pequeno empresário. Dessa forma, os profissionais podem abrir empresas em seus próprios nomes e realizar ações regulares junto ao governo.

O regime introduziu a Lei Complementar nº 128/08, cuja proposta é regularizar os trabalhadores autônomos e os empresários individuais. Porém, para se tornar um MEI para serviços administrativos, alguns requisitos devem ser atendidos, por exemplo, as atividades realizadas por profissionais precisam pertencer à categoria MEI. Atividades de cunho intelectual, geralmente possuem seus próprios departamentos de regularização.

Além disso, o faturamento máximo dos microempresários deve chegar a R$ 81 mil por ano.

Quais são as vantagens de se tornar um MEI?

Desde a criação da empresa, a formalização da MEI oferece uma série de vantagens aos profissionais. Isso ocorre porque não há taxa de registro. Os profissionais cadastrados no MEI ainda pagam menos impostos e não precisam enfrentar a burocracia. Existem outras vantagens, como:

Cobertura previdenciária INSS

Os microempreendedores contam com previdência social fornecida pelo INSS. Isso significa que ele receberá benefícios como aposentadoria por idade e invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão. Para obter um ou mais benefícios, os profissionais precisam pagar apenas 5% do salário-mínimo a cada mês.

Corte de imposto

Você já deve ter ouvido que contratar funcionários no Brasil é caro, certo? Bem, com MEI, este não é o caso. Os profissionais cadastrados como microempreendedores podem contratar empregados com salário-mínimo mensalmente, para isso, basta pagar os seguintes tributos: 11% do seu salário, 3% para a previdência social e 8% para o FGTS.

Simplicidade

Por exemplo, para quem precisa do CNPJ para emitir nota fiscal, o cadastro no MEI já é uma vantagem. O processo pode ser feito pela internet, e o empresário receberá seu CNPJ em alguns dias.Afinal, MEI para serviços administrativos é permitido?

Falamos bastante sobre o MEI, no entanto não respondemos a principal pergunta, se MEI para serviços administrativos é permitido ou não. O MEI para serviços administrativos seria uma boa escolha. No entanto, infelizmente, ele não pode se tornar um microempresário pessoal.

O MEI para serviços administrativos é uma categoria que não consta da lista de atividades permitidas, que se encontra no portal do empreendedor.

Mesmo o MEI para serviços administrativos não sendo permitido, continue lendo este artigo porque nós fornecemos soluções para você.

Por que o MEI para serviços administrativos não é permitido?

O MEI para serviços administrativos não é permitido, pois como citamos, algumas atividades não podem escolher este campo. O MEI proíbe ocupações que requerem alto potencial intelectual e profissões que dependem de leis, regulamentos e treinamento personalizado.

O objetivo do microempreendedor é formalizar as ocupações que não são restringidas por leis específicas e são prejudicadas em termos de previdência trabalhista. Ou seja, o MEI vem para facilitar a vida destes profissionais.

Existe outra maneira de começar um negócio?

Muitos profissionais acreditam que apenas o MEI para serviços administrativos é uma opção. No entanto, existem outras maneiras de iniciar seu negócio e reduzir sua carga tributária.

Quer formalizar o serviço e ter a comodidade e os benefícios que a sua empresa possui? Portanto, por favor, entenda cada modelo alternativo de MEI:

O que é um empreendedor individual?

EI – Empreendedor Individual – é uma categoria empresarial que permite a constituição de empresas em nome do próprio empresário. Ou seja, é o dono individual da empresa e não pode ter outros sócios.

Portanto, o titular será responsável pelo patrimônio de pessoas físicas e jurídicas de empreendedores, e terá responsabilidade ilimitada por eventuais dívidas. Isso inclui ativos que fazem parte de seus ativos pessoais (casas, terrenos, carros, etc.) e seu cônjuge (se você tiver uma comunidade de ativos).

O que é EIRELI?

EIRELI (Individual Limited Liability Company) é uma categoria de negócio que permite a uma empresa ser composta por apenas um sócio (o próprio empresário). Essa abordagem foi criada em 2011 para acabar com a prática de sócios “virtuais”, comum nas sociedades por quotas.

Ao contrário da EI, permite que os sócios separem seu patrimônio privado do patrimônio da empresa (o que é regido pela Lei 12.441 / 11). Portanto, se houver qualquer dívida no negócio, a menos que haja fraude, apenas o patrimônio da empresa será usado para pagar a dívida.

O que é LTDA?

LTDA é uma sociedade de responsabilidade limitada, o que é mais complicado. Ainda é um tipo de empresa amplamente utilizado por empresários brasileiros. Neste modelo, o número de membros do contrato social é limitado, e novos membros só podem ser incluídos se todos os membros concordarem. Além disso, esse fato deve ser registrado na atualização do contrato.

Portanto, os parceiros da empresa sempre têm prioridade. Uma vez que o estatuto da empresa prevê capital, o patrimônio privado dos sócios não será afetado pelo endividamento da empresa. Portanto, a empresa é responsável por suas obrigações sociais com seu patrimônio.

Como abrir uma empresa com mais praticidade e assertividade?

Agora que você já entendeu mais sobre MEI para serviços administrativos não ser permitido, assim como já havia pesquisado mais anteriormente sobre MEI para serviços administrativos, MEI serviços administrativos, CNAE prestação de serviços administrativos, MEI prestador de serviços, com certeza deve querer saber como alavancar suas vendas.

Além de ficar totalmente tranquilo em relação a sua gestão financeira nos seus planos de MEI para serviços administrativos, contando com a gestão tributária e fiscal, para estar em dia com as conformidades da lei, indicamos fortemente o serviço de um contador. Com este profissional você terá benefícios como:

  • Otimização de seu tempo, fazendo com que você foque no que realmente interessa: produzir;
  • Gestão assertiva, pois no momento econômico que estamos vivendo, erros podem ser fatais para o futuro de seu negócio;
  • Redução de impostos, adequando seu regime tributário;
  • Maior tranquilidade e segurança de seu negócio, criando uma base forte para seu empreendimento crescer;
  • Investimento inteligente do seu dinheiro, e corte de gastos seguro, sem impactar diretamente no seu produto final dos seus planos de MEI para serviços administrativos, ou sua produção em si;
  • e muito mais!

Encontrando o melhor escritório contábil

Para que você possa encontrar o melhor escritório de contabilidade para te auxiliar no processo de sobre os principais pontos em MEI para serviços administrativos, primeiramente será necessário uma avaliação de seu cenário. Compreenda sua realidade e o que você mais precisa:

  • Otimização de tempo com pouca necessidade de serviço personalizado;
  • Consultoria, abrangência total dos serviços contábeis, além de atendimento personalizado;
  • Meio termo entre os dois acima previsto no projeto de MEI para serviços administrativos.

E ainda suas preferências:

  • Contabilidade com atendimento físico (reuniões e planejamentos em conjunto), facilitando ainda mais o processo de MEI para serviços administrativos;
  • Escritório de contabilidade online, onde você só entrega as demandas fiscais, tributárias, financeiras, entre outras;
  • Contabilidade com sistema online, mas serviço pensado especialmente para você;
  • Prefere baixo custo?
  • No seu cenário sobre MEI para serviços administrativos, prefere o custo-benefício?
  • Ou da prioridade para a qualidade do serviço, pouco se importando com o valor?

E se te dissermos que você pode encontrar com apenas alguns cliques o contador terceirizado que falta em sua empresa?

E se ainda te falarmos que você pode receber até 4 orçamentos de forma totalmente GRATUITA?

Então, se isso te chamou a atenção, nós temos uma solução incrível para você!

Quer receber ajuda no processo de como abrir CNPJ igreja? Entre em contato com um escritório de contabilidade agora mesmo!

Agora que você já sabe tudo sobre o processo de como abrir uma empresa como esta, saiba que a burocracia pode ser deixada de lado ao optar por um profissional de contabilidade. Enquanto o time de contabilidade trabalha, você de pode se dedicar ao que realmente importa.

Você ficará satisfeito com o serviço e o contador poderá te atender do jeito que você espera. Além disso, entenda que a parceria entre contador e empreendedor pode continuar mesmo depois da empresa ser aberta. Isso porque existem demandas que um contador pode cuidar para que seu sucesso seja o maior possível.

Contate um especialista agora mesmo!

Escrito por

Natalia Mantovani

Redatora da Plataforma 4 Mãos, formada em Jornalismo com amplo conhecimento em produção de conteúdo para a Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar um contador
Open chat