Três perguntas fundamentais sobre o mapeamento de mercado!

Se você já viajou para algum lugar que não conhecia, deve ter percebido a importância de um mapa (ou GPS, afinal de contas, estamos no século XXI). Agora, não seria bacana se existisse um mapa para mostrar os caminhos mais fáceis para a sua empresa? A boa notícia é que ele existe. Estamos falando do mapeamento de mercado.

Assim como um mapa, o mapeamento de mercado não se faz sozinho. É necessário investir tempo para desbravar as melhoras rotas para o sucesso da sua marca.

Quer aprender mais sobre esse tema? Então, acompanhe este artigo!

1. Quando fazer o mapeamento de mercado?

O mapeamento de mercado deve ser feito quando a sua ideia de negócio já estiver bem organizada. Isso significa que você já tem um plano de negócios completo, já definiu o seu público-alvo e já tem uma ideia de como irá distribuir os seus produtos ou serviços.

Nesse estágio, é importante que você apresente um protótipo do seu produto aos seus consumidores. Ainda não estamos falando do lançamento oficial. Trata-se apenas de um teste, como em um grupo de discussão, por exemplo.

2. Como deve ser esse protótipo?

Ele deve ser o mais profissional que você conseguir produzir, usando os recursos que você tem. Os empresários que investem em startups chamam esse protótipo de Mínimo Produto Viável (MVP, na sigla em inglês).

O cliente não pode perceber que aquela não é a versão final da sua ideia, pois isso fará com que ele procure defeitos ou analise de maneira negativa o produto (ou serviço).

3. Como analisar as informações do mapeamento de mercado?

Além dos dados internos, frutos das análises do seu serviço junto ao consumidor, o empreendedor ainda terá que estudar o mercado como um todo. Afinal de contas, o cenário externo não pode ficar de fora do seu mapeamento.

Isso é necessário porque às vezes a sua ideia é boa, mas o momento não. Imagine que a sua ideia de negócio seja oferecer vinhos finos por aplicativo. Todos os seus estudos demonstram que a ideia tem aceitação e viabilidade econômica, mas, um concorrente anunciou o lançamento de um produto semelhante.

Nesse caso, essa concorrência impactaria a sua ideia, tirando dela a característica de novidade, uma vez que o seu aplicativo só seria lançado meses depois.

Para evitar prejuízos, você decide acompanhar os resultados do seu concorrente, com o objetivo de aprimorar o seu mapeamento de mercado.

O mapeamento de mercado pode ser aperfeiçoado de acordo com o segmento em que se atua. O mais importante é que o empresário não deixe de criar essa postura curiosa sobre o mercado, uma vez que isso pode fazer com que ele fique perdido em meio às novidades.

Uma dificuldade recorrente dos empresários é obter recursos para investir nas suas empresas. Se você está enfrentando esse problema, leia o nosso artigo “Saiba como captar recursos financeiros para abrir seu negócio”.

Últimos posts

17/07/2019 - 11hs

5 trâmites para abrir um negócio que você precisa cumprir!

Do instante em que a pessoa tem uma ideia de negócio até o momento...

16/07/2019 - 11hs

Por que você deve ter um contador ao tirar um negócio do papel?

Muita gente ainda acredita que para ter um negócio de sucesso basta ter uma...

15/07/2019 - 11hs

Regularização: como o seu negócio pode ficar dentro da legalidade?

A informalidade no ambiente de negócios brasileiro ainda é uma realidade. De um lado,...

Somos associados a:

Somos certificados pelo:

Olá!
Posso te ajudar?
Powered by