Como abrir empresa em Belo Horizonte | 4 Mãos

Empreendedores

Como abrir empresa em Belo Horizonte

Victor Pacheco

|

12/11/2019

|

10 min de leitura

|

Voltar

Empreendedores que sabem como abrir empresa em Belo Horizonte
10 min de leitura

Quando decidem entrar no mundo dos empreendedores, muitas pessoas não sabem da quantidade de etapas que essa ação pode trazer. E caso tenha optado, mas não sabe como abrir empresa em Belo Horizonte, você pode ficar um pouco preocupado com o caminho que precisa fazer para conseguir inaugurar seu negócio. Mas fique calmo (a), pois seu trabalho está prestes a ficar mais fácil.

Seguindo nossa “receita de bolo” que consta abaixo, você vai ter menos problemas (ou quem sabe nenhum deles) ao quando for abrir empresa uma empresa na cidade de Belo Horizonte. Vamos entrar no mundo dos empreendedores agora mesmo? Boa leitura e muito sucesso ao empreender em Belo Horizonte!

Mercado de Belo Horizonte  

Sendo a cidade que possui o quarto maior PIB de nosso país, Belo Horizonte é um dos principais mercados da América Latina. Possuindo 2.512.070 milhões de habitantes, a capital mineira é considerada um ótimo local para abrir um negócio, segundo diversos especialistas no assunto. Então entenda que sim, você vai ter sucesso ao realizar abertura de empresa em Belo Horizonte.

Com um Produto Interno Bruto (PIB) de mais de R$ ‎88 277 462,53 milhões em 2016, a cidade conta com alto número de empresas especializadas em Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas (cerca de 107 mil). Além disso, possui mais de 44 mil empresas voltadas para Atividades de Serviços (que envolvem Advocacias, Imobiliárias e demais empreendimentos que trabalham para servir o público).

Como abrir empresa em Belo Horizonte é uma ação assertiva, você vai ter altos resultados, já que vai colocar seu capital dentro da 4ª cidade que mais gera dinheiro para o Brasil.

Como abrir empresa em Belo Horizonte?

Planejamento é a palavra-chave da primeira etapa

Talvez o processo mais “complicado” de abrir um negócio seja escolher o segmento que você vai atuar, pois é necessário fazer um importante estudo de mercado para saber se é realmente viável colocar sua ideia em prática, assim como estruturar as etapas para aplicá-las. Apenas com isso você vai compreender como o seu mercado atua, determinar seu público-alvo e demais tarefas que envolvem essa etapa.

Não descarte a escolha da atividade que você vai desenvolver, ação que vai ser essencial para você “ter um norte” nesse processo. São eles:

  • Prestação de Serviços:  Para seus estregáveis o fator do capital humano é muito importante, ou seja, a mão de obra ou esforço intelectual será fator crucial para sua prestação de serviço;
  • Indústria: Mercado que é focado em entregar produtos para os consumidores através do uso de uma determinada matéria-prima, nesse caso além da mão de obra o maquinário alinhado a tecnologia vai impactar diretamente em seus entregáveis;
  • Comércio Atacadista: Empresas focadas em vender produtos para outras empresas e donos de comércios em geral.
  • Comércio Varejista:  Empresas focadas em vender produtos em unidade para os consumidores finais. São exemplos: mercados, lojas de departamento, papelaria etc.
  • ONGs:  Sendo a sigla para Organização Não Governamental, essas são instituições que geralmente possuem uma causa como propósito. Pode ser de animais, idosos, artesanato e muito mais. Como geralmente precisa de gerar uma renda, é essencial que o dono de uma ONG abra empresa para ter acesso a descontos e tributos menores.

Depois é hora de verificar qual será a natureza jurídica de sua empresa

Representando o regime jurídico de seu futuro negócio, essa ação é essencial para que você esteja dentro da legalidade. Servindo como uma espécie de “selo”, o regime jurídico de sua empresa pode ser resumido como a relação que uma pessoa jurídica (que pode ser pública ou privada) possui com a fiscalização sobre uma empresa, por meio de dados cadastrados nos órgãos públicos.

Sendo essa uma ação indispensável para que a empresa seja aberta sem problemas, essa questão vai fazer com as normas devidas sejam aplicadas sem erros que te impeçam até mesmo de trabalhar. Existem muitas naturezas jurídicas, mas quando falamos de empresas, essas são atribuídas:

  • Empresa individual ou MEI: nesse caso, uma única pessoa responde pela empresa, e o nome registrado com o empreendimento deve ser o civil, completo ou abreviado. Nesse tipo de natureza jurídica, apenas uma pessoa (no caso, a jurídica) pode ser o titular;
  • Sociedade Limitada: reúne dois ou mais sócios que possuem uma mesma finalidade: exploração de bens e serviços. Aqui, entram todas as empresas que contribuem com um investimento de capital social e boa constituição empresarial;
  • Sociedade Simples (também chamada de SS): já neste tipo são enquadradas as empresas que são focadas em prestar serviços que necessitam de atividades que envolvem o uso de nosso intelectual de uma forma cooperativa. Para ficar claro: os donos não exercem de comerciantes e sim como líderes de sua função. Um exemplo básico são escritórios de Contabilidade e Advocacia, assim como cooperativas etc.;
  • Sociedade Anônima: empreendimentos na qual o capital não é ligado diretamente a um nome, mas sim é dividido em ações. Aqui, a compra e venda das ações podem acontecer de forma livre, sem a necessidade da assinatura de contrato ou qualquer documento que formalize esse processo.
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (também chamada de EIRELI): nessa última natureza jurídica, a empresa pertence a apenas uma pessoa. O capital (valor de investimento) deve ser integral, e não pode ser maior do que o salário mínimo que está vigente.

E quais documentos para abrir empresa em Belo Horizonte?

Não é necessária uma grande papelada para entrar no mundo dos empreendedores: da parte dos sócios, será necessário:

  • Apresentar uma cópia simples do comprovante de residência de cada um (se houver mais de um);
  • 2 Cópias autenticadas do RG e CPF de cada um
  • Uma cópia do cópia do espelho do IRPF, caso tenha comprovado no ano atual;
  • Cópia da certidão de casamento (caso aplicável)

Sobre a empresa, será necessário separar duas cópias simples do IPTU do Imóvel e outras duas cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda. Já para a empresa em si, é preciso apresentar apenas 2 cópias simples do IPTU do Imóvel, além de 2 cópias do Contrato de Locação ou Compra e Venda. Neste momento, você já consegue saber quanto tempo leva para abrir uma empresa em Belo Horizonte

Caso você opte por ser MEI, não precisa realizar tudo isso e entregar estes documentos para abrir empresa em Belo Horizonte. Quem se caracteriza como MEI, pode abrir um CNPJ em Belo Horizonte de forma automática e diretamente pelo Portal do Empreendedor.

Feito isso, já pode ir para os órgãos públicos e começar a abrir empresa em Belo Horizonte

Depois que todos os documentos estiverem acertados, esses dados devem ser encaminhados para órgãos públicos como Receita Federal e Junta Comercial. Feito isso, o processo para abrir empresa em Belo Horizonte está iniciado e pode levar cerca de 3 a 5 dias para ser aprovado.

Você já terá um CNPJ para chamar de seu, mas para conseguir emitir notas sobre seus produtos e serviços vai ser necessário estar cadastrado no Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, processo esse que pode durar entre 34 dias a três meses. Por esse motivo é importante você antecipar o processo de abrir empresa em Belo Horizonte com no mínimo 30 dias de antecedência antes da data de inauguração que tem em mente.

Também vai ser necessário solicitar uma Análise prévia de Viabilidade de Localização. Apesar do nome complicado, esse é o processo de revisão do local escolhido feito pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte que vai determinar se o local é viável ou não para atividades trabalhistas.

Você pode achar isso um tanto burocrático, mas já imaginou o que faria se aplicasse seu dinheiro em um imóvel e depois de um tempo descobrisse que não pode trabalhar ali devido a um problema? Por isso não se esqueça de solicitar a Análise Prévia de Viabilidade do lugar escolhido!

Quanto custa abrir uma empresa em Belo Horizonte?

Quando falamos sobre este assunto, entenda que a resposta pode variar muito. Isso porque diversas empresas podem ter diferentes gastos. Estamos falando sobre a compra de toda a infraestrutura para conseguir trabalhar, matéria-prima etc. Mas para que tenha “um norte”, saiba que em média, uma pessoa está gastando R$ 3.249 para abrir uma empresa em Belo Horizonte.

Importante ressaltar que estamos ressaltando apenas os gastos com documentações para que possa trabalhar. Ainda neste assunto, entenda que no caso de ser necessário ter um Alvará de Funcionamento, você pode precisar gastar. Em média, um documento como este pode ser emitido por R$ 241,53 para análise e fornecimento da licença.

Quanto custa para abrir uma empresa em Minas Gerais?

Definir um valor padrão para abrir uma empresa é bastante complexo. Isso porque entenda que existem especificidades não compartilhadas entre os tipos de empresa. Mas para que tenha uma noção de quanto deve gastar ao empreender, saiba que o valor médio está em R$ 450,00.

Lembrando que falando sobre outros gastos, isso pode variar bastante! Muitas empresas podem precisar de uma grande infraestrutura para começar a trabalhar e outras, nem tanto. Mas como dica especial, entenda que você deve começar a trabalhar com a menor força possível. Com o passar do tempo, ao conseguir a validação de sua ideia no mercado, fica mais fácil crescer e chegar a ser o líder em seu segmento.

O que precisa para abrir empresa em Belo Horizonte?

Logo depois de decidir o ramo em que você vai abrir sua empresa, entenda que é hora de trabalhar. Sua primeira ação é consultar a viabilidade para saber se pode de fato, empreender no local que está pensando. Com a aprovação acontecendo, é hora de cuidar de assuntos legais por meio da solicitação do DBE (Documento de Básico de Entrada do CNPJ).

Você também precisa acessar o registro digital. Aqui, vai ser necessário enviar os documentos de sua empresa para a Junta Comercial, isso assinado por meio de um certificado digital. Em média, é necessário esperar até 09 dias para todos os documentos sejam emitidos e sua empresa esteja registrada na JUCEMG (Junta Comercial do Estado de Minas Gerais).

Como assinar digitalmente JUCEMEG?

Um dos órgãos que cuidam do processo de abertura de empresa neste Estado é a Junta Comercial do Estado de Minas Gerais. E entenda que uma das etapas para conseguir seu CNPJ é realizar a assinatura dos documentos por meio de um sistema online. Para isso, é necessário que todos os empreendedores tenha um certificado digital do tipo e-CPF (modelo A3).

Para concluir o processo de como assinar digitalmente JUCEMEG, você precisa acessar o site deste órgão. Em seguida, basta clicar em “Portal de Serviços”. Caso já tenha uma conta, basta preencher seus dados. Se ainda não tiver isso, pode criar um acesso sem nenhum custo adicional.

Dentro do painel interno, clique no botão “Registro Digital” e depois em “Assinar Documentos”. Com isso, será necessário inserir o número de seu Protocolo e depois achar isso no sistema. Ao encontrar o mesmo, clique em “Assinar digitalmente” e faça o download do assinador digital. Com o arquivo executado, selecione seu certificado digital e insira a senha quando solicitado.

Com isso feito, basta enviar tudo para a JUCEMG. Importante dizer que tudo é feito de forma automática. Mas pode acontecer do sistema não fazer isso, então refaça o acesso e depois clique em “Enviar para a JUCEMG”. Será solicitado o número do processo. Você pode acompanhar o protocolo por meio do próprio site da JUCEMG.

Receba até 4 orçamentos gratuitos de contadores credenciados ao CRC! 

Se você achou todo esse processo muito burocrático e precisa de apoio para realizar essas atividades, a plataforma 4 Mãos te conecta GRATUITAMENTE com até 4 escritórios contábeis, é muito simples: Solicite agora mesmo.

Você só precisa entrar em contato conosco e dizer de qual serviço contábil precisa (como abertura de empresa contabilidade). Em seguida até quatro escritórios contábeis irão lhe enviar orçamentos gratuitamente. Dessa forma você ganha mais tempo ainda, recebendo orçamentos de escritórios que são homologados pela plataforma, ou seja, que possuem cadastro no CRC (Conselho Regional de contabilidade) para realizar todos os procedimentos necessário para abrir empresa em Belo Horizonte.

Dessa forma, você pode se dedicar a parte mais estratégia do seu negócio ao invés de comparecer aos mais diversos órgãos públicos para conseguir abrir sua empresa.

Temos dica incríveis para empreendedores em nossas mídias sociais, não deixe de nos seguir no Instagram!

Escrito por

Victor Pacheco

Redator da Plataforma 4 Mãos, formado em Jornalismo com amplo conhecimento em produção de conteúdo para a Web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÓS ENCONTRAMOS OS CONTADORES MAIS ADEQUADOS DE ACORDO COM SUA NECESSIDADE

Para trocar de contador ou abrir empresa, basta relatar sua necessidade e nós te conectamos com até 4 orçamentos gratuitamente

Encontrar um contador